• Notícias
  • Termo de Ajuste de Conduta melhora condições de trabalho nas fazendas do Incaper

Termo de Ajuste de Conduta melhora condições de trabalho nas fazendas do Incaper

Procuradores do Estado tiveram participação direta na assinatura do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) que garante melhorias na estrutura e nas condições de trabalho das fazendas do Incaper no Espírito Santo. As mudanças dizem respeito à armazenagem correta de alimentos e agrotóxicos, ao fornecimento adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), ao treinamento dos servidores do órgão e a realização de exames médicos periódicos.

 

Gustavo Sipolatti, um dos procuradores do Estado envolvidos na elaboração do TAC, afirma que os últimos meses foram de intenso empenho para encontrar uma solução para os problemas. “O documento beneficia as seis fazendas do Incaper localizadas no Espírito Santo. Elas são importantes para o Estado e um centro de referência para quem trabalha no campo. Melhorias nesses espaços são fundamentais”, observa.

 

Ele explica que o trabalho começou após denúncia do Sindipúblicos ao Ministério Público do Trabalho, resultando no ajuizamento de uma ação civil pública em Colatina. “A Procuradoria, o Ministério Público e o Incaper, então, sentaram para resolver a questão. Conseguimos e o Incaper foi além, garantindo também a modernização dos seus laboratórios. Foi algo bem positivo”, destaca Gustavo Sipolatti.