• Notícias
  • Apes entrevista candidatos ao Governo do Estado

Apes entrevista candidatos ao Governo do Estado

A Apes irá realizar uma série de posts em suas redes sociais com os candidatos ao Governo do Espírito Santo. Com essa ação, a diretoria da instituição oferece mais um canal de informação para os procuradores associados, contribuindo para a escolha, de forma consciente, do político que irá conduzir o Estado nos próximos quatro anos. A intenção é divulgar o depoimento de todos os seis candidatos ao Palácio Anchieta até o primeiro turno das eleições, no dia 7 de outubro.

 

O presidente da Apes, Leonardo Pastore, destaca que a iniciativa da Associação visa fazer com que os procuradores entendam o que pensa cada um dos candidatos. “É a nossa contribuição para o processo democrático. Estamos dando aos candidatos a oportunidade de se manifestarem e de divulgarem as suas propostas de governo. Todos foram procurados e, à medida que eles nos retornarem, iremos fazer a postagem em nossas redes sociais”, explica Leonardo.

 

O primeiro a ser ouvido foi Carlos Manato (PSL), deputado federal por quatro mandatos. Médico natural de Alegre, no sul do Espírito Santo, começou a carreira política na Secretaria Municipal de Serviços da Prefeitura da Serra.

 

Como candidato ao posto de governador do Estado, Manato afirma ser favorável à aprovação da PEC 82/2007, que trata da autonomia financeira, administrativa e orçamentária da Advocacia-Geral da União e das Procuradorias-Gerais nos Estados. O projeto ainda está em tramitação no Congresso.

 

Segundo ele, os procuradores são importantes para o Governo e é fundamental fortalecer a categoria. “Há muito processo contra o Estado e a categoria tem que emitir muitos pareceres. As decisões precisam ser feitas com serenidade, para evitar erros e qualquer chance de corrupção ou fraude nos contratos feitos pelo Governo. O trabalho dos procuradores do Estado garante que tudo seja ficha limpa, que é exatamente como eu gosto de trabalhar”, ressalta.